Aula de:
Krav Maga

Krav Maga (em hebraico: קרב מגע, "combate de contato") é um sistema de combate corpo a corpo, desenvolvido em Israel, que envolve técnicas de luta, torções, defesa contra armas, bastões, facas e golpeamentos O Krav Maga é derivado de habilidades de briga de rua, desenvolvidas por Imi Lichtenfeld como um modo de defender o quarteirão judeu, durante o período de ativismo anti-semita em Bratislava, nos anos 1940. Após sua imigração para Israel, ele começou a fornecer treinamento para as Forças de Defesa de Israel, desenvolvendo as técnicas que se tornaram conhecidas como Krav Maga. Desde então, ele tem sido aperfeiçoado para ambas aplicações, civis e militares. Desenvolvido para ser utilizado em situações de sobrevivência, a sua filosofia enfatiza a neutralização de ameaças, manobras de defesa, ataques simultâneos e agressão.[5] O Krav Maga é utilizado pelas Forças Especiais de Defesa de Israel e intimamente adotado por organizações de imposição da lei e segurança, como Mossad, Shabak, FBI, unidades da SWAT do departamento de polícia de Nova Iorque e Forças de Operações Especiais dos Estados Unidos. Existem várias organizações responsáveis pelo ensino do Krav Maga internacionalmente. O Krav Maga não é considerado uma arte marcial, muito menos um esporte, já que não possui quaisquer regras. Todos os golpes são treinados com o objetivo de ultrapassar todo e qualquer tipo de situação de violência, do modo mais rápido e eficaz, sendo por vezes necessários golpes letais.

Princípios Básicos

Não há regras para a prática do Krav Maga. Homens e mulheres recebem o mesmo treinamento, mas recomenda-se que crianças frequentem depois dos 7 anos, devido a psicomotricidade. A maioria das diversas escolas de Krav Maga do mundo, inclusive as escolas brasileiras, adotam uniformes oficiais. Porém, o Krav-Maga em si não possui quaisquer tipo de uniforme comum ou adornos, mas o criador do Krav-Maga, Sr. Imi Lichtenfeld, e os seus alunos sempre treinaram com um kimono de cor branca, como vemos em muitas fotos da história do Krav-Maga. Algumas organizações reconhecem o progresso pelo treinamento com divisas de categoria, níveis diferentes e faixas. Não há regras no Krav Maga pelo fato de ser uma técnica de defesa pessoal, utilizada para garantir a sobrevivência do utilizador, mantê-lo a salvo e neutralizar qualquer ameaça, utilizando todos meios disponíveis. Os princípios gerais incluem: Contra-atacar assim que possível (ou atacar preventivamente) Focar ataques nas áreas mais vulneráveis e sensíveis do corpo, como genitais, olhos, mandíbula, garganta, joelhos, etc. Neutralizar o oponente o mais rápido possível, respondendo com um fluxo contínuo de contra-ataques e, se necessário, matar/aleijar. Manter consciência dos arredores, enquanto lida com a ameaça, para perceber rotas de fuga, mais ameaças, objetos úteis para defesa e ataque, e assim por diante. O treinamento básico mistura exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Almofadas protetoras e outros equipamentos de proteção pessoal podem ser utilizados durante o treinamento. Cenários são utilizados para treinar pessoas para situações típicas encontradas no patrulhamento de ruas ou em situações de combate. Estes cenários ensinam os estudantes a ignorar distrações paralelas e focar na agressão. Outros métodos de treinamento para aumentar o realismo incluem o uso de ventas ou exercitar os alunos até a quase exaustão, antes de lidar com ataques simulados, além de treinamentos em ambientes externos, em locais variados, em situações incapacitantes ou restritivas. O treinamento também cobre o reconhecimento da situação para que o aluno desenvolva uma compreensão de seus arredores, e de circunstâncias antes da ocorrência de um ataque. Ele também aprende a lidar com situações menos violentas e a utilização de métodos verbais, para evitar a violência sempre que possível. ​

A Luta

A concepção do Krav Magá revela um caminho que permite a qualquer um exercer o direito à vida, mesmo no cenário violento. É a única luta não reconhecida mundialmente como arte marcial. Não há regras ou competições, pois sua técnica visa à legítima defesa em situações de perigo real. Com respostas simples, rápidas e objetivas para situações de violência do dia a dia, mostra ao cidadão comum como se defender, independentemente de condicionamento físico, idade ou sexo. Com origem militar, a sua aplicação nas forças de segurança já foi adotada por corporações do mundo inteiro por sua eficiência em combate.

Os princípios utilizados na luta são:

Ser o mais rápido; Manter o peso na área de contato com o alvo; Atingir os pontos críticos do corpo; Evitar ser atingido; Usar objetos ou ferramentas que estão por perto; Alternar de defesa para ataque rapidamente; Usar os reflexos naturais do corpo; Neutralizar o alvo; Ser objetivo (exemplo: "Se queremos fugir, fugimos; se queremos bater, batemos"). A ideia básica é tratar da ameaça imediata (um estrangulamento, por exemplo), prevenir que o agressor possa voltar a atacar, neutralizar o agressor, proceder todos os passos de maneira simples e eficaz. Ter em conta tirar vantagem da iniciativa do agressor o mais rápido possível. O Krav Maga geralmente assume uma posição em que se tenta infligir ou defletir o máximo de dor no oponente. Genitais, olhos, e outras zonas de "golpes baixos" são enfatizadas, tal como outros golpes em que se maximize o dano ao adversário. É utilizado o peso do corpo para se atacar (aproximadamente 2/3 do total). É claramente aceitável fugir da situação de conflito (retirada tática), se a situação nos obrigar a isso. O Krav Maga pode ser utilizado contra oponentes armados de várias maneiras ou contra vários adversários. É também um método de defesa muito eficaz em ambientes fechados (como um avião, por exemplo). ​

Técnicas

Juntamente com técnicas desenvolvidas por Lichtenfeld, o Krav Maga integra técnicas do combate militar, kung-fu, karatê, boxe, savate, muay thai, judô, aikido, wrestling ocidental e jiu-jitsu. O treino e objetivos são bastante diferentes, onde aumentamos a dificuldade e o stress nos piores tipos de situações (contra vários oponentes, contra a parede, enquanto se protege alguém, sem a utilização de um braço, quando tontos, contra agressores armados...). Mais ainda, o fato de não haver regras conduz a um tipo diferente de mecanismo de reflexos (proteção da nossa zona genital e dos nossos olhos, por exemplo). O objetivo é ultrapassar rapidamente a situação. O treino enfatiza a prática na realidade em situações possíveis de ocorrer nos dias atuais. É colocada muita atenção em fatores como a resistência, a velocidade explosiva e a concentração. É comum desenvolver treinos com vários fatores externos propícios a causar distrações, para que o aluno se abstraia de tudo o que é irrelevante e se concentre na ameaça. Mesmo que nos treinamentos grande parte da aplicação de golpes seja controlada e executada de forma segura, pratica-se exaustivamente sparring em todas as fases de combate (de pé, clinch, solo) com contacto, usando equipamento de protecção adequado, assim como na aplicação das técnicas de defesa pessoal ​ Venha fazer uma aula experimental com a gente e conhecer mais sobre o Krav Maga.

Voltar...